Notícias

Risco do transporte inadequado de cargas em veículos é alvo de blitz em Macapá

agosto 20, 2019 Tags: , ,

Ação desta segunda-feira (19) teve objetivo de evitar acidentes como o ocorrido em 16 de agosto, quando um colchão desprendeu de um carro e atingiu motociclista.

Um acidente chamou atenção na última sexta-feira (16), em Macapá. Um motociclista caiu violentamente na Rodovia Duca Serra, na Zona Oeste, depois de ter a moto em que conduzia atingida por um colchão que se desprendeu de um carro. A situação foi toda flagrada por câmeras de segurança.

Pensando em coibir acidentes do tipo, a Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac) realizou nesta segunda-feira (19), na Zona Norte da capital, uma blitz de conscientização de motoristas sobre as regras para transporte de cargas em veículos de passeio.

A principal recomendação é que o veículo esteja com licença de tráfego em dia. Usando de exemplo o caso do colchão, o diretor-presidente da CTMac, André Lima, explicou que além de causar acidentes, o transporte de carga irregular atrapalha outros motoristas.

“No caso do colchão o condutor gerou um transtorno para a vítima e outras pessoas que ficaram no engarrafamento por mais de três horas. Se precisar fazer um fretamento ou uma carga que faça com uma pessoa que tenha habilitação para isso”, salientou.

Lima ainda explica que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece que a carga não pode ultrapassar mais do que 50 centímetros da altura do veículo e o peso não deve extrapolar o estipulado no manual do carro.

Além de educar, a blitz autuou motoristas. Um deles foi o caminhoneiro Werlei da Silva, de 30 anos, que estava com o veículo irregular para o transporte de carga, mas aprovou a ação.

“Com certeza que uma ação dessa é válida, está fazendo o certo. Tem muito carro irregular, aí tem que fazer para colocar em ordem. O importante é estar mais seguro”, disse o caminhoneiro, que teve o veículo recolhido e pagará multa de R$ 195,23.

Esse tipo de penalidade é considerada grave ao condutor e causa a perda de cinco pontos na Carteira de Habilitação Nacional (CNH).

Balanço
Durante a fiscalização, ocorrida nas ruas Tancredo Neves e Vereador Julio Pereira, de 8h30 às 11h30, foram abordados 35 motociclistas e 40 motoristas. Desse total, foram recolhidos quatro motos, três carros, dois caminhões e 15 condutores somente autuados.

Fonte: Rede Amazônica via Portal de Notícias G1

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *