Notícias

Produção de caminhões cai em novembro mas no ano é a maior desde 2014

A produção de caminhões e ônibus em 2019 teve queda de 22,3% em novembro, mas, no acumulado do ano, supera em 1,9% a soma de todo o ano passado. É o melhor resultado do setor desde 2014

A produção de caminhões no Brasil caiu 22,3% em novembro em relação a outubro. No mês passado, foram fabricadas 8.764 unidades no País, ante 11.286 no mês anterior. No acumulado dos 11 meses de 2019, contudo, a produção de caminhões, de 107.502 unidades, já superou em 1,9% as 105.534 feitas no ano passado inteiro. É o melhor resultado do setor desde 2014. Os dados foram divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Quando comparados com o auge da crise do setor, o resultado de 2019 é ainda mais animador. Em 2016, a produção de caminhões no Brasil somou 60.482 unidades. A indústria produziu 43,7% (ou 47 mil unidades) a menos que nos 11 primeiros meses deste ano.

Presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes afirma que, mesmo com a queda, novembro foi um mês bom. O executivo lembra que no mês passado houve três feriados e, mesmo assim, o número negativo não impactou o resultado do acumulado do ano.

Produção de caminhões foca mercado interno

Na comparação com a produção de caminhões no acumulado de janeiro a novembro, o crescimento foi de 9,5%. Nos 11 primeiros meses de 2018 foram fabricados 98.155 caminhões no Brasil.

Vice-presidente da Anfavea, Gustavo Rodrigo Bonini celebra os bons resultados. “O crescimento no mercado interno foi significativo e suficiente para compensar a queda das exportações”, diz.

De janeiro a novembro de 2018, o Brasil exportou 23.587 caminhões. No mesmo período desse ano, apenas 12.579 unidades foram enviadas ao exterior. A queda foi de 46,7%

Pesados puxam a alta

De janeiro a novembro, os pedados mantiveram o protagonismo da produção de caminhões no País, com 58.682 unidades. Em relação ao mesmo período de 2018, o total de unidades fabricadas cresceu 30,5%.

Depois vem os semipesados, com 25.492 unidades fabricadas no acumulado do ano. Foram fabricados 16.910 leves no mesmo período, garantindo ao segmento a terceira posição do ranking.

Os médios somaram 5.451 unidades fabricadas. Dos semileves, que ficaram na quinta colocação, foram produzidas apenas 967 veículos de janeiro a novembro deste ano.

Ônibus
Em novembro, a produção de ônibus recuou 22,8% em relação a outubro. Os números consolidados são de 2.046 e 2.65 unidades, respectivamente.

No acumulado dos 11 meses do ano também houve queda, mas bem menor: 3,5%. De janeiro a novembro deste ano foram produzidos 26.479 ônibus no Brasil. No mesmo período do ano passado a indústria fabricou 27.430 unidades.

Fonte: Portal de Notícias Estadão – Jorna O Estado de S. Paulo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *